Sou hipersensível?

o-CHORAR-570

Algumas pesquisas recentes revelam que pelo menos 15% da população mundial pode ser classificada com um nível elevado de sensibilidade, ou seja, esse grupo de pessoas apresenta um sistema nervoso especialmente sensível.

Características que podem evidenciar uma hipersensibilidade:

  • Agitação emocional ao assistir determinados filmes e séries;
  • Vida interior rica e complexa;
  • Estimulação exacerbada em ambientes que de fato já são estimulantes (como boates, restaurantes cheios ou locais com acúmulo de pessoas);
  • Reações intensas de desagrado a luzes fortes, odores, tecidos de roupas e/ou ruídos fortes;
  • Constante necessidade de se retirar ou mesmo se isolar, buscando ambientes com pouca estimulação sensorial (luz baixa, silenciosos e com pouco movimento);
  • Grande capacidade de discriminação de diferenças sutis de odores, sons ou componentes visuais, sentindo diferenças no impacto emocional com alterações nos pormenores.

Reconhece algumas dessas características em si? Então o melhor a ser feito é atuar de maneira defensiva, visto que conforme pesquisas publicadas nessa temática, a hipersensibilidade é um traço que não admite modificação; somente algum controle. Assim, o ideal é estar constantemente sintonizado com o seu conforto pessoal nas diversas situações pelas quais passa ao longo do dia, habituando-se a reconhecer quais aspectos sensoriais causam impacto elevado sobre seu bem estar e a partir daí, tentar promover situações que contenham um considerável nível de agrado sensorial. Além disso, é interessante eliminar ou reduzir as sensações que causam desconforto e garantir condições de tranqüilidade em geral.

Anúncios