Os sentidos…

los-cinco-sentidos-1024x732

Um recente estudo da Universidade de Harvard, do MIT e da Universidade de Yale declarou que as interações sociais podem ser profundamente influenciadas, de maneira inconsciente, pelos atributos físicos dos objetos presentes no ambiente.

Para comprovar essa afirmativa, os psicólogos que realizaram a pesquisa, usaram objetos de diferentes pesos, resistências e texturas e concluíram que os nossos pensamentos e julgamentos acerca dos acontecimentos e situações podem ser influenciados de maneira inconsciente a partir das características desses objetos.

Um exemplo é o fato de pessoas sentadas em cadeiras duras transmitirem a imagem de serem inflexíveis. Caso se trate de um negociador, a impressão que esse sujeito irá transmitir é de ser potencialmente mais duro e difícil. Do mesmo modo, trabalhos apresentados com clips pesados tendem a evidenciar maior seriedade, melhor qualidade e maior empenho.

Essa pesquisa ainda revela a importância do tato, declarando que as primeiras impressões podem ser influenciadas pelo ambiente tátil e assim, o controle desse ambiente pode ser peculiar para negociadores, gestores de recursos humanos e outros profissionais da comunicação interpessoal. Enfim, foi assumido que a exploração de um novo ambiente e de novas coisas inicia-se no olhar, sendo que este é a maior fonte de informação, mas não responsável por toda esta. As informações que adquirimos através do tato, apesar de imperceptível, é de suma importância para a cognição.

O tato é o primeiro sentido que se desenvolve e pode continuar se desenvolvendo no decorrer da vida, atuando como um pano de fundo sobre o qual arquitetamos decisões e julgamentos.

Anúncios

Relaxamento na gravidez

gravidez-verao

O relaxamento pode ser classificado como um estado de consciência caracterizado por sentimentos de paz e alívio de tensão, medo e ansiedade. O termo “relaxado” pode ser usado tanto para falar do relaxamento muscular quanto para referir pensamentos de tranqüilidade.

O relaxamento na gravidez é considerado desde os anos 30, época em que este foi percebido como uma maneira de quebrar o ciclo dor-medo-tensão-dor no parto.

Antes, a ideia de utilizar técnicas que visassem o controle da respiração eram largamente utilizadas, mas agora, elas vêm perdendo a credibilidade. Pesquisas revelam que uma mãe em trabalho de parto, cuja respiração é artificialmente aumentada, apresenta uma tendência a sofrer efeitos severos dos baixos níveis de dióxido de carbono e não se beneficia tanto com o aumento dos níveis de oxigênio. Assim, a cada dia se recorre menos a exercícios de respiração, encorajando, pelo contrário, que as mulheres respirem de maneira natural e livre. A conscientização da respiração tem sido amplamente ensinada, já que é vista como uma forma de ajudar a mãe a compreender o próprio corpo.

O relaxamento muscular é um método bem disseminado de redução de tensão aplicado a mulheres que estão dando a luz, pois reduz a tensão desse momento. O relaxamento pode ser ensinado em posições diversas: sentado, deitado, de cócoras, de joelhos com braços apoiados no assento de uma cadeira, em pé com os braços levantados e apoiados na parede ou em qualquer outra posição em que a mulher se sinta confortável.

Outra técnica muito efetiva no sentido de relaxamento são as imagens mentais que podem ser utilizadas para reforçar o relaxamento durante a gravidez e o trabalho de parto, visto que através da capacidade que têm para distrair a atenção, auxiliam no bloqueio das vias da dor para o cérebro.

Deseja um parto tranquilo? Quebre o ciclo dor-medo-tensão-dor!