Raciocínio verbal: uma ferramenta!

formas-potenciar-raciocinio-noticias

A aptidão verbal de cada sujeito tem uma relação direta com o sucesso deste. A habilidade de usar palavras e manipular a linguagem, de maneira que você possa expressar pensamentos, emoções, sentimentos e opiniões é algo grandioso. Advogados, políticos e artistas, de um modo geral, são aqueles que melhor lançam mão dessa habilidade, visto que são capazes de influenciar e envolver o público através do poder de suas falas.

Desse modo, podemos afirmar que quanto maior a nossa inteligência verbal, maior a nossa confiança para lutar por aquilo que desejamos. Além disso, somos melhores compreendidos e capazes de estabelecer relações mais íntimas e positivas quando nos expressamos melhor verbalmente.

Cientistas acreditam que quando a criança completa 05 (cinco) anos, ela já apresenta um repertório verbal de pelo menos 2000 (duas mil) palavras, o que não quer dizer que a criança saberá o significado de todas elas. Outra constatação é que o sentido visual exerce uma enorme influência no desenvolvimento da linguagem. Como exemplo, podemos pensar no primeiro livro sobre o alfabeto apresentado a uma criança. Uma linguagem é utilizada para qualificar e dar significado a uma letra, ou seja, “A” para animal, “B” para bola, “C” para casa e assim suscetivamente. É justamente por isso que a criança usufrui da mesma palavra para nomear objetos que apresentam formatos parecidos. Na verdade, conceitos visuais influenciam a linguagem por toda a vida. As palavras podem sumir da memória, mas a partir do momento em que utilizamos-as para transmitir uma imagem, a ideia que se encontra implícita ficará memorizada.

Outro ponto interessante é que aprimorar o vocabulário aumenta a nossa inteligência. A medida de vocabulário usada por um indivíduo é de 1000 (mil) palavras e o número de palavras disponíveis para alimentar o cérebro é acima de três milhões. Concorda que há um grande espaço de melhora? Sendo assim, quanto mais palavras conhecemos, mais estimulamos nosso cérebro. Além disso, um vocabulário extenso e mais requintado fornece vantagens no aprendizado, nos negócios e em nossas relações, já que conhecendo mais palavras, pensamos de uma maneira mais precisa e complexa. Um outro trunfo é que uma boa fluência verbal dará a vantagem de pensarmos mais rapidamente em situações de pressão! Vamos exercitar essa habilidade? Dicas simples como ler livros, revistas e artigos na internet, escrever mais, bem como a realização de atividades como palavras cruzadas, podem ser grandes aliadas.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s