A crise dentro e fora de mim

tumblr_luk892SeH01qhc2xio2_500

Estamos diante de um cenário econômico muito tenso e complicado, repleto de incertezas. Indiscutivelmente, essa situação afeta todas as áreas de nossa vida. O desespero e a angústia tomam conta daqueles que não podem viver mais o sofrimento de sobreviver com pouco ou quase nada, seja por estar desempregado, ou por ter dívidas, ou por grandes despesas ou ainda por estar com dificuldades para alimentar a sua família. Além dessas necessidades básicas, surgem também necessidades emocionais, como a sensação de estabilidade, segurança e conforto. Somente dessa maneira, as pessoas se sentirão cuidadas, protegidas e estáveis.

Desse modo, instaura-se uma diminuição da estabilidade emocional e afetiva das pessoas, o que desencadeia alterações em seus comportamentos. É gerada uma sensação de impotência e desmotivação na população em geral e sentimos que não existem alternativas. Muitos sujeitos ficam nervosos, irritados e tristes. A consequência disso são sintomas como apatia, ansiedade, tristeza. A partir daí, perturbações psicológicas e patologias vão se desenvolvendo.

A crise está afetivamente presente na vida das pessoas e em vários níveis. Esta vem repleta de mudanças e transformações, exigindo adaptações. Quando as crises acontecem de maneira repentina, o choque o e caos são instalados, bem como a desesperança, a falta de rumo, a confusão e o medo em vários contextos: familiar, profissional, social, econômico.

Em cada crise, um tipo de sensação é gerada. Normalmente, a incerteza e o descontrole sobre o futuro são evidentes, o que é muito assustador e por isso gerador de ansiedade.

No entanto, não paramos para pensar que a crise também é geradora de oportunidades. Sim, oportunidades, desde que busquemos e agarremos os recursos que possuímos, os quais poderão ser alavancas para novas criações. Certamente, isso só é possível se o sujeito tiver esperança e confiança em um futuro melhor, bem como em sua capacidade.

Nesse momento, fazer terapia faz toda a diferença! Os psicólogos são “especialistas das crises” e o atendimento psicológico permite que ligações emocionais, cognitivas e comportamentais perdidas, bloqueadas ou confusas sejam reconectadas, o que alivia a dor dessas emoções em cada sujeito.

As nossas realidades social, econômica, familiar e pessoal não podem ser alteradas ou apagadas, mas a maneira pela qual lidamos com essas realidades, bem como a forma como estão sendo sentidas e vivenciadas podem ser aliviadas e melhoradas através do atendimento psicológico, que é um processo que visa orientar o sujeito e fazê-lo reconhecer possibilidades antes obscuras.

Já pensou em fazer terapia?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s