Definitivamente, o inferno são os outros!

viver-em-sociedade

Como bem disse Jean-Paul Sartre, o inferno são os outros. A cada dia tem se tornado mais evidente, em meu trabalho como terapeuta, que grande parte das dificuldades que as pessoas enfrentam, perpassam pela presença, julgamento, avaliação, aprovação ou rejeição das pessoas que as rodeiam.

Há alguns anos, quando comecei a atuar como palestrante, me desconfortava profundamente e me deixava ansiosa o fato de estar transmitindo conhecimentos e informações para pessoas que até então eu não conhecia. Por isso, às vezes me pego pensando se os locais onde eu palestrava estivessem vazios, se eu sentiria as mesmas dificuldades. É bem provável que eu me sentiria mais à vontade. O que mudava, então, era o local estar cheio ou vazio, ou seja, “os outros”. As pessoas reais e, acima de tudo, as que eu tinha na cabeça!

Certamente, você tem muitos familiares, amigos e conhecidos. Além disso, diariamente cruza com uma série de pessoas que não conhece. Isso nada mais é do que a vida em sociedade. Dependemos e vivemos uns com os outros. Mas voltando ao assunto anteriormente mencionado, normalmente a maior dificuldade de se expor não se deve às pessoas de “carne e osso”, e sim a representação que eu tenho dessas pessoas, os “outros” que ocupavam a minha mente e me levavam a ter pensamentos criadores de ansiedade. Muito antes do momento, já temos esta gente toda na nossa cabeça a causar ruído!

É importante termos clareza disso, pois se não conhecemos essa situação, não nos cuidamos, e se não nos cuidamos, acabamos por viver de acordo com os outros, tanto os reais quanto os mentais. As nossas metas, nossos objetivos, nossas preferências e desejos passam a ser das outras pessoas. Perdemos a nossa identidade e não sabemos mais quem somos a partir daí, e isso leva-nos a momentos complicados…

É lógico que as pessoas que nos cercam podem, em algumas situações, agirem de maneira que nos magoam. Mas, em grande medida, podemos “decidir” até que ponto o fazem. Nada mais é do que um exercício de liberdade! O grande segredo é que está ao nosso alcance não sermos afetados por elas. Como fazer isso? Em grande parte, estando aqui e agora… em contato constante conosco!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s