Relações virtuais

7735b4322c3eff94280601f5fb456b35

Estamos na era da tecnologia. Sendo assim, a cada dia, mais serviços e atividades são executadas nesse contexto tecnológico. Até mesmo relações são iniciadas e mantidas através das novas maneiras de comunicação online.

Atualmente, tem se tornado mais frequente que os novos meios de comunicação, como as redes sociais e sites de relacionamento favoreçam verdadeiros namoros online, que em vários momentos permitem a sua continuidade em um contexto offline, ou seja, real.

É um fato que assim como as relações presenciais, as relações virtuais permitem que os sujeitos se tornem menos ansiosos, além de permitir que eles exponham suas emoções, o que promove bem-estar. Além disso, pesquisas revelam que as pessoas que optam por relacionamentos online se sentem bastante satisfeitas com o namoro virtual, alegando que conseguem se revelar para o outro e ao mesmo tempo serem compreendidas.

Para sujeitos que têm dificuldade de se comunicarem pessoalmente, as relações online têm sido uma boa alternativa, já que dessa maneira, eles se sentem mais abertos e se comunicam com maior facilidade. Isso evidencia que a experiência de anonimato acaba por promover a auto-revelação.

Além da satisfação da experiência de apaixonar-se, as pessoas que namoram online evidenciam satisfação pelo possibilidade de autoconhecimento acerca das resistências específicas ou dos bloqueios próprios que não lhes permitiam a manifestação de afeto ou a possibilidade de o receberem, ou mesmo a descoberta de necessidades próprias que acabam então por ser possibilitadas por este tipo de encontro, independentemente de serem pessoas que já tinham ou não tinham tido relações satisfatórias no passado de forma offline.

Certamente, relações em um contexto virtual têm características peculiares.  Já que elas são iniciadas e mantidas inicialmente à distância, se torna mais simples o encontro com alguém com as características desejadas. E se a pessoa está a se comunicar com “o outro idealizado”, a verdade é que, de forma mais acessível, há um encontro com alguém que corresponde concretamente ao “outro idealizado”.

A fase do enamorando é, por excelência, a fase da idealização do parceiro, pois a fantasia ocupa um espaço considerável nesse período. Nesse sentido, as relações online acabam por ter necessariamente este componente intensificado.

Por fim, a grande questão é: quando o status da relação se modifica de online para offline, ou melhor, o namoro passa do contexto virtual para o real, o vínculo que se matinha virtualmente se mantém ou não é forte o suficiente para manter uma relação presencial?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s