Como é difícil dizer “não”!

de-onde-vem-seu-medo-6-40

Esse é seu caso? Tem uma grande dificuldade em dizer “não”? Acata a todos os desejos dos outros mesmo não concordando? Tem dificuldades de recusar convites? Dizer “sim” se tornou uma obrigação? Contudo, se sente mal por sempre dizer “sim”?

É fato que crescemos em um contexto que faz com que tenhamos medo da reação das pessoas quando estas escutam o nosso “não”. Sentimos que essas pessoas serão desagradadas e se sentirão infelizes. É como se o “não” fosse uma agressão ao outro. Por isso, muitas pessoas optam por dizer “sim”, mesmo que contrariadas. Porém, será que isso não gerará conflitos internos nessas pessoas?

Aceitar a todas as situações, mesmo não concordando, pode desencadear uma reação explosiva, e as consequências disso são totalmente imprevisíveis. Essa situação ocorre justamente porque, no momento de se dizer “não”, algumas pessoas fantasiam reações negativas de quem receberá a recusa. Então, sentem medo do desagrado que podem causar e concomitantemente antecipam sentimentos de culpa, abandono, angústia e rejeição. Todos esses pensamentos vão, aos poucos, afastando a possibilidade de se dizer “não”.

Recusar não é um problema. O problema pode ser uma recusa que é feita de maneira agressiva e ríspida. Negar algo de maneira branda, suave, coerente e justificada torna mais simples a compreensão do interlocutor diante de sua posição.

É bem comum que essa situação ocorra no campo profissional das pessoas que têm dificuldade em dizer não. Esta simplesmente não recusa nenhuma tarefa, ou seja, passa a acumular atividades. Porém, com o acúmulo, passará a não cumprir os prazos solicitados e, posteriormente, desiludirá o seu superior. Esse sujeito, na verdade, só aceitou as solicitações do chefe para não ser acusado de mau profissional. Na verdade, não queria. Todavia, o que era tão temido acabou por se tornar a realidade. É ainda mais frequente que a partir daí surja a sensação de injustiça, já que a pessoa acredita que se esforçou muito e que não foi reconhecida por isso. Fica claro, com esse exemplo, que não é nenhuma vantagem aceitar mais do que consigamos executar, ou mesmo aceitar algo que vá contra aos nossos valores e crenças simplesmente para agradar as pessoas.

A grande questão é que, na atualidade, diante de uma crise econômica mundial, há uma grande tendência das empresas em diminuir a quantidade de colaboradores e de cargos. Isso fará com que o trabalho, que continua o mesmo, seja distribuído para uma quantidade menor de funcionários. Em contrapartida, há uma probabilidade maior das pessoas serem despedidas. E isso gera medo.

Mesmo diante dessas explicações, ainda sente dificuldades de dizer “não”? Para minimizar esse problema, tente analisar os pensamentos e emoções que surgem e que o barram para expressar aquilo que quer. Não prolongue essa situação por um tempo maior. Caso não faça isso, você estará transformando uma situação esporádica em uma “bola de neve”. As consequências se tornaram, nesse sentido, cada vez piores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s