Eu sei lidar com a falsidade?

images

Algo que é muito simples para quase todas as pessoas é perceber quando alguém é falso com ela ou com alguém. No entanto, será que temos essa mesma facilidade quando a falsidade parte de nós mesmos? Certamente, não. Reconhecer o comportamento do outro e criticar as posturas de alguém é muito mais fácil do que nos voltarmos para nós mesmos e verificar as nossas falhas.

Infelizmente, a falsidade é uma atitude que impera em quase todas as relações humanas. É uma realidade oculta, disfarçada, mas constantemente presente. É um fato que a maioria das pessoas fazem algo de bom para outras pessoas normalmente pensando em receber algo em troca, e não simplesmente por terem um desejo verdadeiro e incondicional em fazê-lo. Isso pode ser sim, um problema, na medida em que é importante que façamos algo somente porque desejamos e nos sentimos bem com o nosso próprio ato. Esperar a troca pode causar frustração, já que não há uma obrigatoriedade, do outro, em retribuir algo somente porque ele recebeu. O outro retribuirá se ele desejar. A sociedade, no entanto, acredita que a troca é algo obrigatório. Mero engano.

As pessoas têm uma grande dificuldade em assumirem para si mesmas que fazem o bem para o outro para receberem isso posteriormente. É claro que a troca é gostosa, faz bem e dá força. Contudo, fazer algo somente para nos satisfazermos pode ser ainda mais gratificante.

Muitas pessoas, ao lerem esse texto, afirmarão que não fazem nada pensando na troca e o fazem puramente porque querem. É claro que, com exceções, é uma conduta típica do ser humano atuar de maneira falsa, pensando no retorno que terá.

Vamos lá: você já teve coragem de fazer uma busca de pelo menos uma conduta sua que seja falsa? Pense com calma. Não tenha pressa. Encontrou? Provavelmente sim. Não se incomode com isso. Esse exercício é o primeiro passo para seu processo de purificação. Eu sei que é uma descoberta difícil de encarar. Num primeiro momento, descobrir a verdade é decepcionante. Ficamos   tristes com nós mesmos. Isso é natural.

Reconhecer que como humanos falhamos em vários momentos não é fácil, mas é saudável, na medida em que passamos a nos encararmos com mais verdade e autenticidade. Em alguns momentos, antes de verificarmos nossas falhas, temos uma falsa ideia de que somos o mais dadivoso e bondoso dos seres. Como sujeitos, somos em alguns momentos falsos, egoístas e até mesmo manipuladores. E o mais interessante é que deterioramos a imagem das pessoas que se comportam dessa maneira. Abominamos condutas que em algumas situações de nossa vida nós mesmos executamos. Enfrentar essa realidade com coragem e disposição pode nos tornar mais humildes. Isso é ser humano.

A partir daí, essa descoberta não continua sendo tão dolorosa, já que aceitamos os fatos. Passamos a fazer uma avaliação mais profunda de nossas relações, passando a não apontar tanto a falsidade alheia e reconhecendo que também em nós, há falsidade.

Isso nos auxiliara ainda a exigir menos do outro e reconhecer que cada um tem sua própria responsabilidade, inclusive nós mesmos. Nessa avaliação, poderemos encontrar o significado mais profundo e divino das relações e passaremos a valorizar ainda mais cada uma delas, resgatando os valores mais preciosos no que diz respeito às nossas intenções nas relações.

Essa mudança de atitude possivelmente nos tornará pessoas melhores e capazes de assumirmos o compromisso de fazer o bem para o outro e que, se possível, gostaríamos de receber, mas caso isso não ocorra, ficaremos felizes simplesmente por termos feito algo bom. O nosso recebimento ocorrerá não como uma troca, mas sim como algo natural, de acordo com o que a vida entender que é melhor para nós.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Eu sei lidar com a falsidade?

  1. muito bom essa matéria,também uma grande verdade.
    é como se fosse uma lei da recompensa ao invés de um delicioso prazer expontaneo q brotasse do profundo do coração.
    grato!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s