Você está passando por um conflito em seu relacionamento?

Os humores - casal_brigando_

Brigas entre os casais infelizmente existem. Todavia, casais que brigam frequentemente podem estar vivenciando uma crise que tem sua origem em mudanças que desfazem o equilíbrio que a relação mantinha em momento anterior, ainda que este equilíbrio fosse questionável no sentindo de que um compensava uma dificuldade do outro.

A não aceitação da crítica do outro, mesmo que esta tenha como intuito apontar uma limitação minha, seja no sentido que me fala de uma insatisfação que foi causada por mim, na verdade por uma atitude minha, ocorre porque a escuta é de uma maneira incorreta, ou melhor, não a escuta, mas a compreensão que eu faço do que eu escutei.

Isso faz com que os parceiros passem a se acusar reciprocamente, além de uma tentativa de um companheiro mostrar para o outro que ele está certo e o que ele fez ou faz é bem melhor do que o que o outro faz. Isso nada mais é uma maneira de defesa encontrada por nós, defesa esta que é feita a partir de um ataque.

Comunicar ao parceiro algo que me desagrada é primordial para o bom andamento da relação. Não obstante, quando isso nunca ocorre ou quando ocorre demasiadamente, algo indevido está acontecendo no relacionamento.

Brigar a todo tempo faz com que a vida do casal fique tão ruim que o sentimento amoroso se deteriora, a ponto de chegar ao término da relação.

É fundamental saber também que se calar é tão ou pior do que falar. Falar o que não te agrada no outro, o que o outro fez que te feriu faz bem. Guardar gera mágoa, ressentimentos e doenças físicas e emocionais. As brigas podem ser resultados justamente do que foi calado ou dito e não ouvido pelo outro. Dizer e não ser considerado ou ridicularizado fere profundamente.

Se há amor, mas ao mesmo tempo não há compreensão, é comum que surjam dúvidas: a quem ele ama? Uma imagem construída, aquele que gostaria que eu fosse? O amor começa a ser questionado. O outro passa ainda a ser um adversário, alguém do qual devo me defender.

Ninguém gosta de ser criticado. E as pessoas que amamos são as pessoas das quais mais desejamos ser apreciados e elogiados. Nós não somos de todo amáveis. Nascemos incompletos, sem a mínima condição de sobreviver sem um outro que cuide de nos. É primeiramente numa relação onde está posta nossa vida em jogo que aprendemos a amar.

Isso deixa suas marcas. Dependendo destas marcas estamos mais ou menos capacitados a nos relacionar de forma a trocar com o outro sem desejar submeter o outro a vossa verdade ou se submeter à verdade do outro.

O homem se difere de outros animais por ser racional. Além disso, ele tem uma capacidade única de se relacionar, poder trocar. Isso promove crescimento emocional, amadurecimento, e ainda aprender a se confrontar com seus defeitos e do outro e escolher o que é passível e desejável transformar. É ainda aceitar que às vezes o outro ficará insatisfeito, que irá te comunicar isso e você terá que viver com esta realidade, nem tudo que faz agrada, nem aquele que você ama. Aceitar isso certamente será positivo para você e seu parceiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s